Edit: para fazer o mesmo no JBoss 6, o arquivo a usar é este:

$JBOSS_HOME/server/default/conf/bindingservice.beans/META-INF/bindings-jboss-beans.xml

Dentro deste arquivo, altere a única referência a 8080 pela porta que você quer usar.


Dentro do diretório examples do jboss tem um arquivo chamado sample-bindings.xml. Exemplo: jboss-4.2.3.GA/docs/examples/binding-manager/sample-bindings.xml. Você terá que carregar este arquivo na inicialização do JBoss, pois é ele que define quais são as portas utilizadas pelo container. Para isso, você habilita o MBean que está dentro do arquivo jboss-service.xml de cada um das instancias (minimal, default, all), é só descomentar o trecho abaixo:

<mbean
 code="org.jboss.services.binding.ServiceBindingManager"
 name="jboss.system:service=ServiceBindingManager">
  <attribute name="ServerName">
    ports-default
  </attribute>
  <attribute name="StoreURL">
    ../sample-bindings.xml
  </attribute>
  <attribute name="StoreFactoryClassName">
    org.jboss.services.binding.XMLServicesStoreFactory
  </attribute>
</mbean>

No arquivo sample-bindings.xml, já existem 3 conjuntos diferentes de portas (<attribute name="ServerName">ports-xxx</attribute>) pré-configurados (ports-default, ports-01, ports-02), basta configurar o arquivo jboss-service dentro da pasta conf de cada instância (minimal, default, all) apontando para um ServerName diferente, ou seja, ports-default, ports-01 ou ports-02 sendo que todas as instâncias vão se carregar neste mesmo arquivo, sample-bindings.xml somente utilizando um conjunto de portas diferentes, carregando portas diferentes pra cada instância.

Depois, é só rodar run.bat com o nome da instância (minimal, default ou all).

run.bat -c default

Fonte: Post do usuário rogeriofr no JavaFree.